Com edema no tornozelo, Guerrero segue fazendo tratamento em dois períodos

Fora dos últimos dos treinamentos, o peruano Paolo Guerrero não vive mesmo uma boa temporada com a camisa do Flamengo. O panorama, porém, deve seguir o mesmo até a semana que vem. Isso porque no jogo contra a Ponte Preta, o camisa 9 levou um pisão no tornozelo esquerdo, que originou resultou em uma torção com edema, além de dores na região. Diante disso, caso não estivesse suspenso, não enfrentaria o Atlético-PR.

O jogador vem realizando trabalhos de fisioterapia em dois períodos para cumprir o último compromisso do Flamengo na temporada, diante do Palmeiras, no dia 6 de dezembro, no Maracanã.

Guerrero já entrou em campo 18 vezes pelo Flamengo e balançou a rede em apenas quatro oportunidades (média de um gol a cada 4,5 jogos). Neste período foi convocado duas vezes para a seleção do Peru e sofreu uma lesão no tornozelo direito, que o tirou de campo por quase um mês.

No primeiro dia de dezembro, serão 100 dias sem fazer gols. A última vez que o camisa 9 balançou as redes foi quando Oswaldo de Oliveira assumiu a equipe, na estreia diante do São Paulo, no dia 23 de agosto.

Fonte: Lance