Executivo do Inter recebe proposta do Fla e estuda a possibilidade deixar o Beira-Rio

Após as saídas de Lisandro López e Juan, o Inter está prestes a perder mais uma peça no futebol. Desta vez, no entanto, não um jogador. O gerente-executivo Jorge Macedo recebeu uma proposta do Flamengo e estuda a possibilidade de trocar o Beira-Rio pela Gávea.

Os números ofertados pelos cariocas são superiores aos recebidos por Macedo em Porto Alegre. Caso aceite, manterá a mesma posição que executa no Inter, ocupando a vaga de Gabriel Skinner, que deixou o Rubro-Negro para trabalhar no Tianjin Songjiang, da China, que será comandado por Vanderlei Luxemburgo, trabalhando com o técnico Muricy Ramalho e o diretor-executivo Rodrigo Caetano.

Macedo é o comandante do Centro de Avaliação de Prospecção de Atletas (Capa), espécie de núcleo de inteligência que monitora jogadores do Brasil e fora dele. Foi graças ao Capa que o Inter contratou Aránguiz, no ano passado, e Martín Luque.

Além disso, é o elo do grupo principal com as categorias de base. O executivo era o coordenador da base colorada até 2014, quando subiu ao profissional no lugar de Newton Drummond, ainda durante a pré-temporada realizada em Gramado. Em 2015, o Inter revelou nomes como William, Geferson e Artur, além consolidar nomes como Alisson, Rodrigo Dourado e Valdívia, todos formados no clube gaúcho.

O trabalho do executivo, aliás, fez que fosse o único mantido na pasta após a eleição de Vitorio Piffero para o biênio 2015/16. Agora, o Inter espera a decisão de Macedo para saber se precisará buscar um novo profissional para o setor.

Fonte: Globo Esporte