Flamengo descarta ficar com Léo e mais sete que voltam de empréstimo

Jogadores serão recolocados no mercado pelo Rubro-Negro, a maioria reemprestada. Frauches, Recife, Muralha, Vitor Hugo, Rodolfo, Thomás e Bruninho são os demais.

Nada de nova chance no Flamengo para os jogadores que voltam de empréstimo na virada do ano e ainda terão contrato com o clube. O departamento de futebol rubro-negro decidiu que os oito atletas nessa situação não ficarão no Ninho do Urubu e serão recolocados no mercado. São eles: o lateral-direito Léo (Internacional), o zagueiro Frauches (Macaé-RJ), os volantes Recife (Atlético-GO), Muralha (Luverdense-MT) e Vitor Hugo (Tigres-RJ), o meia Rodolfo (Coritiba), o meia-atacante Thomás (Seattle Sounders, dos EUA) e o atacante Bruninho (Luverdense-MT). O diretor executivo de futebol Rodrigo Caetano confirmou a informação ao GloboEsporte.

Nenhum deles obteve destaque nos clubes por onde passaram em 2015, e a grande maioria será reemprestada. Inclusive Léo, que era cotado como o jogador desse grupo com mais chances de ser aproveitado na próxima temporada. Ainda há outro caminho, o da rescisão contratual, que deve ser o caso por exemplo de Vitor Hugo, cujo compromisso vai somente até o fim de março.

O Flamengo também tem jogadores cujo empréstimo a outros clubes seguirá em andamento após a virada do ano – e terminará antes do fim do contrato deles com o Rubro-Negro. São eles: o zagueiro Welinton (Umm Salal, do Catar), o lateral-esquerdo Anderson Pico (Dnipro, da Ucrânia), os meias Adryan (Nantes, da França) e Mugni (Newell`s Old Boys, da Argentina) e o meia-atacante Rafinha (Daejeon Citizen, da Coreia do Sul). Esses casos serão avaliados um a um, mas não agora, somente no decorrer do ano de 2016 (clique aqui e veja até quando vão os contratos desses cinco atletas).

Em relação ao meia Mattheus (Estoril, de Portugal) e ao atacante Igor Sartori (RB Brasil-SP), eles estão emprestados até o fim do contrato com o Flamengo. No caso de Sartori, ele renovou com o Fla por um ano – do fim de 2015 para o fim de 2016 -, mas estendeu também o empréstimo ao clube paulista e por isso não voltará ao Ninho.

Fonte: Globo Esporte