Flamengo é clube com marca mais valiosa do futebol brasileiro, diz estudo

A forma como o Flamengo lida com suas finanças trouxe um grande feito para o clube fora de campo. De acordo com levantamento divulgado pela BDO Sports Management, o Rubro-Negro encerrou o ano de 2015 como o clube com maior valor de marca do futebol brasileiro.

A pesquisa, feita com 30 clubes, avaliou as receitas de marketing, estádio, sócios e mídia. Além disto, foram considerados dados financeiros (fluxo de caixa e diferenciais de marca de cada clube) e pesquisa e dados do torcedor (as características de cada torcida).

Após cinco anos, o Flamengo assumiu a liderança, deixando para trás o Corinthians. O clube encerrou o ano com sua marca avaliada em R$ 1,243 bilhões – R$ 237 milhões a mais. Segundo a BDO Sports Management, o Rubro-Negro tem 53% de sua força nas mãos da torcida, enquanto 32% chegam pelas receitas e os outros 15% vêm através do mercado.

Corinthians

O Corinthians teve um crescimento no ranking – fechando o ano com seu valor de marca avaliado em R$ 1,2414 milhões. Porém, sua evolução foi bem inferior à do Fla: 5,3 milhões. Embora o Timão tenha 53% de sua força na torcida, o clube tem 24% do seu valor de marca vindo da receita, e destina 23% do mercado.

CONFIRA ABAIXO O LEVANTAMENTO DE VALOR DE MARCA DE CLUBES em 2015 (em R$):

1 – Flamengo – 1,2437 bilhões
2 – Corinthians – 1,2414 bilhões
3 – São Paulo – 878,1 milhões
​4 – Palmeiras – 651,2 milhões
5 – Grêmio – 590,1 milhões
6 – Internacional – 580,7 milhões
7 – Cruzeiro – 512,2 milhões
​8 – Santos – 404,6 milhões
9 – Atlético-MG – 394,8 milhões
10 – Vasco – 359,3 milhões
11 – Fluminense – 256 milhões
12 – Botafogo – 209,3 milhões
13 – Atlético-PR – 146,8 milhões
14 – Coritiba – 141,2 milhões
15 – Bahia – 102,5 milhões
16 – Sport – 87,4 milhões
17 – Vitória – 78,5 milhões
18 – Goiás – 63,7 milhões
19 – Portuguesa – 58,4 milhões
20 – Figueirense – 51,2 milhões
21 – Criciúma – 40,5 milhões
22 – Avaí – 39,5 milhões
23 – Náutico – 36,4 milhões
24 – Ponte Preta – 35,5 milhões
25 – Santa Cruz – 32,9 milhões
26 – Guarani – 19,1 milhões
27 – Ceará – 19 milhões
28 – Paraná – 18,8 milhões
29 – Atlético-GO – 17,6 milhões
30 – Fortaleza – 13,4 milhões

Fonte: Análise BDO Sports Management / Matéria: Lance