A menos de uma semana da estreia do Carioca, sete estádios ainda não têm laudos para receber público

Falta apenas uma semana para a abertura do Campeonato Carioca e sete estádios ainda não tem pelo menos um dos laudos para receber público. Aniceto Moscoso, Giulite Coutinho, Jânio Moraes, Moça Bonita, Raulino de Oliveira e Estádio do Trabalhador ainda não têm o laudo de proteção contra incêndios, o LCPI, que é cedido pelo Corpo de Bombeiros. O Elcyr Resende, em Saquarema, perderá em breve o da Vigilância Sanitária.

Para retirar esta liberação, os bombeiros teriam que fazer uma vistória nos estádios, analisando áreas de escape, extintores, além da capacidade máxima que seria liberada de torcedores dentro do estádio. Para a realização de partidas com público, todos os quatro laudos têm que estar com prazos em dia. São eles: o da Vigilância Sanitária, o da Polícia Militar, do laudo de Proteção Contra Incêndios e, por fim, o Laudo de Vistoria de Engenharia.

A relação está disponível no site de Federação do Rio. Levando em conta o campeonato até a segunda rodada, o Estádio Alair Corrêa também perde a autorização do Corpo de Bombeiros. Até o fim do Estadual, apenas São Januário e o Eduardo Guinle terão todos os laudos em dia, num ano em que o estado do Rio de Janeiro não terá Maracanã e Nilton Santos.

Fonte: FutRio