Após arbitral na Ferj, Velho Gagá crava: “Vasco e Fla jogam em São Januário”

“Vasco e Flamengo jogam em São Januário.” Quem declarou que o local do “Clássico dos Milhões” será na Colina História foi o presidente do Cruz-Maltino, Eurico Miranda, após o arbitral realizado na Ferj, nesta sexta-feira. O dirigente também informou que a proporção de torcida será 90% para o time da casa e 10% para os Rubro-Negros. A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, porém, não definiu o preço dos ingressos para os jogos do Campeonato Carioca de 2016. Após manifestações de propostas divergentes, como em 2015, os membros da reunião optaram por deixar os clubes envolvidos nas partidas decidirem o valor. Caso não se chegue a um acordo, a equipe mandante terá poder de decisão.

– Vasco e Flamengo jogam em São Januário. Botafogo vai ter Caio Martins. E o preço depende do mandante. No caso do Vasco, ele é mandante do clássico, por ter sido campeão, como diz o regulamento. Há um compromisso de que as finais possam ser jogadas no Engenhão, segundo o general do Comitê – comentou Eurico, lembrando que campeão e vice-campeão do ano anterior são mandantes nos clássicos da competição seguinte.

Flamengo e Fluminense enviaram representantes com ótimo trânsito entre os integrantes do arbitral, Michel Asseff Filho e Marcelo Penha, respectivamente. E a reunião foi supervisionada diretamente por um dirigente de peso na CBF, o secretário-geral Walter Feldman. Também estiveram presentes o presidente da Ferj, Rubens Lopes e o general Marco Aurélio Vieira, diretor executivo de oprações Rio 2016.

Sobre o jogo contra o Vasco, Assef preferiu não polemizar, assegurando apenas que a principal preocupação do Flamengo é com a segurança.

– Fiz uma observação: quando escolheram o jogo em São Januário, falei em segurança. Sabemos da rivalidade entre os clubes e torcidas e há essa questão. Segundo o presidente da federação, a polícia autoriza o clássico desde que seja na proporção de 90% para o mandante e 10% para o visitante. E a gente tem que cumprir. Se os especialistas em segurança dizem que é possível, quem é o Flamengo para dizer que não? – disse Assef.

O representante flamenguista disse, entretanto, que o clube irá exigir a mesma proporção para a partida no segundo turno, quando o Rubro-Negro terá a chance de ser o mandante do duelo.

– A previsão é que, no segundo turno, um sorteio possa viabilizar um mandante para o mesmo jogo, pra mesma disputa entre as mesmas equipes. Se há a previsão de 90%/10%, no primeiro turno, também vai haver a mesma previsão no segundo, caso o mandante seja o Flamengo, que irá escolher o estádio onde vai jogar e proporção de 90/10%. E há uma possibilidade de o Flamengo jogar fora do Rio na competição.

Grandes decidem local dos jogos como mandantes

Além disso, os quatro clubes grande do Rio decidiram os estádios em que vão mandar suas partidas. O Fluminense ficou com o Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, Flamengo atuará no Gilulite Coutinho, em Edson Passos, enquanto Botafogo e Vasco dividirão São Januário. A partir da terceira ou quarta rodada, no entanto, é possível que o Alvinegro jogue em Caio Martins.

Fonte: Globo Esporte