Jorge prevê ano positivo no Flamengo com Muricy e mira Libertadores 2017

O 2015 de Jorge foi especial. No início do ano, Anderson Pico tinha muita moral com Vanderlei Luxemburgo, que bancou sua contratação uma temporada antes. Em abril chegou Armero, jogador com Copa do Mundo no currículo. O time profissional parecia muito distante para o garoto de 19 anos, porém más atuações de Pico, aliadas a lesões e problemas burocráticos do colombiano, abriram brecha. Entrou, se destacou e não saiu mais da equipe titular.

Animado com o que fez, crê em evolução ainda maior com Muricy:

– Fecho o ano com chave de ouro. Jogadores de grande qualidade saíram, outros chegaram com mais qualidade ainda. Vai ser bom o ano de 2016, ainda mais com a chegada do Muricy.

Outra contratação rubro-negra anima Jorge: o experiente Juan, que completa 36 anos em 1° de fevereiro.

– É um cara muito experiente, vai me ajudar muito, vai falar muito comigo, e eu vou escutá-lo bastante para pegar experiência. Então eu fico feliz de fazer parte de um grupo muito forte.

A classificação para a próxima Libertadores é o grande objetivo do camisa 36:

– Flamengo tem que estar sempre buscando objetivos maiores. Sabemos do peso do Flamengo, e os jogadores que estão chegando sabem do valor que têm que dar pro Flamengo. Libertadores para mim é um sonho. Quem sabe não vamos disputar em 2017? O ano de 2016 vai ser de muita pressão, mas sabemos lidar com isso.

Em relação à questão individual, ganhou um grande estímulo no último dia 27, quando participou do Jogo das Estrelas de Zico e acabou elogiado por Júnior, ídolo e recordista de partidas com a camisa do Flamengo.

– Me elogiou muito. Falou para eu manter a humildade e a seriedade que vou chegar em lugares mais altos do que já estou – disse.

Fonte: Globo Esporte