Bandeira rebate ironia de Eurico: “Não falo russo”

O jogo entre Vasco e Flamengo já começou. E a todo vapor. Após ofícios, entrevistas e farpas de um lado e de outro, na véspera da partida, neste sábado, foi a vez de Eduardo Bandeira de Mello se manifestar novamente. No dia seguinte à coletiva do presidente do Vasco, Eurico Miranda, o dirigente do Fla ironizou e rebateu o vascaíno, lembrando que não há clima de hostilidade e reforçando que apenas quis se eximir de responsabilidades.

– O Flamengo quis deixar claro que não tem responsabilidade nenhuma sobre o evento. A partir do momento que soubemos do TAC tivemos essa preocupação, quando tomamos conhecimentos dos termos públicos do que foi assinado entre o Vasco e o MP (Ministério Público). Não queríamos ser corresponsáveis pela segurança do evento. E eu falei em português, não falei em russo – disse o presidente flamenguista.

A fala de Bandeira é uma resposta ao que disse o mandatário vascaíno na coletiva de sexta. Eurico havia afirmado que “falava em bom português, não em grego”. O presidente rubro-negro, neste sábado, usou o idioma russo para fazer referência à declaração do vascaíno no ano passado, quando afirmara que se mudaria para a Sibéria caso o Vasco fosse rebaixado, o que, de fato aconteceu.

– Não vejo motivo para quererem aparecer em cima disso – rebateu Bandeira.

Fonte: Globo Esporte