Jeep não vai renovar patrocínio com o Flamengo para 2016

A Jeep não renovará o patrocínio ao Flamengo para 2016. A montadora esteve na camisa rubro-negra por oito meses em 2015, período que lhe custou R$ 4,5 milhões, mas decidiu sair do futebol.

A companhia alega que o mau momento do mercado a afastou de novo investimento. No esporte, o único patrocínio que ela manterá será o da World Surf League (WSL), liga mundial do surfe, um investimento feito pela Jeep na esfera global. A filial brasileira fica encarregada de ativá-lo até que o contrato termine, no fim de 2016.

No início do ano, o Flamengo ainda colocou a marca da empresa no uniforme em apresentações de atletas como Juan, Willian Arão e Muralha mesmo sem contrato como um agrado. Depois, sem avançar nas negociações pela renovação, mandou tirar.

O Flamengo perdeu dois dos patrocinadores de uniforme que tinha em 2015. Além da Jeep, a Viton 44, dona do refresco Guaraviton, não renovou o patrocínio de R$ 20 milhões anuais que fazia para ter direito às mangas da camisa. O clube manteve, por outro lado, o aporte de R$ 25 milhões por ano da Caixa pela cota máster.

Fonte: Época