Cuéllar é convocado pela Colômbia e desfalca o Fla na Liga e no Carioca

O Flamengo já recebeu comunicado da seleção colombiana: Cuéllar está convocado pelo técnico José Pekerman para as duas próximas partidas das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018. Ele – e Guerrero, que também vai defender sua seleção nacional, o Peru – desfalca o Flamengo nos três jogos seguidos ao Fla-Flu, do próximo dia 20, em São Paulo. O colombiano e o peruano não atuam contra o Atlético-PR, dia 23, pela semifinal da Primeira Liga, e também diante do Volta Redonda (26) e, provavelmente, também no clássico contra o Vasco (30) – pelas terceira e quarta rodadas do Campeonato Carioca.

A presença no clássico é incerta, porém, há alguma chance do jogador atuar. Se ficar no banco ou não for relacionado, o colombiano pode ter condições de jogo, saindo de Barranquilla, onde será a partida contra o Equador, direto para Brasília. Principal nome da seleção colombiana, Guerrero tem menos chances de atuar, pois é titular absoluto e, claro, estaria mais desgastado.

Cuéllar foi convocado para os dois primeiros compromissos da seleção colombiana nas Eliminatórias, mas não atuou. Chegou a ficar no banco contra o Peru, de Guerrero, mas foi cortado da lista de relacionados na partida diante do Uruguai. Nos jogos seguintes, no entanto, ficou fora dos convocados – contra Chile e Argentina.

O argentino Pekerman volta a convocar o colombiano do Flamengo. A Colômbia joga contra a Bolívia e o Equador, nos próximos dias 24 e 29, respectivamente. A seleção colombiana fez consulta ao Flamengo para saber como estava o jogador fisicamente para se certificar da convocação do atleta rubro-negro. Parte da lista já foi divulgada pela Colômbia – com oito jogadores que atuam no futebol colombiano. Os “estrangeiros” serão anunciados esta semana.

O departamento de futebol do Flamengo confirmou que Cuéllar está na lista. Mas informou que ele e Guerrero jogam o Fla-Flu do próximo dia 20 e depois viajam para defender suas equipes nacionais. Cuéllar tem histórico de seleções de base na Colômbia, mas só atuou 45 minutos em amistoso com Pekerman. O bom início no Flamengo já fez diferença para convocação.

Fonte: Globo Esporte