Empresa apresenta ao Flamengo projeto de estádio para 50 mil pessoas

O Flamengo tem em mãos um projeto ambicioso de construção de um estádio para 50.500 pessoas em Pedra de Guaratiba, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. O esboço em vídeo, com maquete da estrutura, ao qual o LANCE! teve acesso, começou a circular por grupos de rubro-negros no fim de semana e gerou muita expectativa. Um grupo de sócios do clube se comprometeu a colher assinaturas para que a ideia seja apreciada no Conselho Deliberativo do clube.

O projeto foi apresentado por Maurício Rodrigues de Souza Neto, ex-candidato à presidência do Flamengo e filho do ex-mandatário do clube Hélio Maurício. O modelo de administração seria parecido com o do Allianz Parque, do Palmeiras, com um grande investidor pagando a construção da estrutura. De acordo com os idealizadores, isso tudo a custo zero para o Rubro-Negro.

O projeto está finalizado e foi entregue ao Flamengo em agosto do ano passado. Havia um termo de confidencialidade para que nada vazasse. Maurício Rodrigues garante que tem tudo organizado e depende apenas de um sinal verde do clube para iniciar os trabalhos.

flamengo estadio 2016 1

“Se derem o OK, partimos para a construção. É totalmente padrão Fifa, tipo alçapão. A torcida fica a sete metros do campo. Todos os lugares são cobertos”, garante Maurício.

O ex-candidato disse ainda que rodou por 38 terrenos até encontrar o ideal. Antes da achar uma opção mais viável em Pedra de Guaratiba, havia interesse de construir este estádio em Caxias, Baixada Fluminense, mais especificamente num terreno da Marinha. Contudo, não deu.

O projeto foi idealizado por Eduardo Castro Mello, o mesmo que desenhou o atual Mané Garrincha, em Brasília.

Procurado pela reportagem, o vice-presidente de patrimônio do Flamengo, Alexandre Wrobel, disse que é preciso ter muita cautela quando o assunto é estádio próprio do clube.

“Não vamos agir de forma irresponsável, temos que analisar e não só se empolgar com vídeo de uma maquete. Todo mundo quer um estádio, mas precisamos ter responsabilidade, pés no chão e cabeça no lugar”, comentou o dirigente.

flamengo estadio 2016 2

FLAMENGO CRIA GRUPO DE ESTUDOS POR ESTÁDIO. HÁ DUAS OPÇÕES, ALÉM DE PROJETO EM PEDRA DE GUARATIBA

Sonhando com um estádio próprio, o Flamengo criou há alguns meses um grupo de estudos para tratar do assunto estádio. O LANCE! apurou que há três ideias sendo analisadas: a construção do projeto sugerido por Maurício Rodrigues, a ampliação da Gávea ou a administração do Maracanã. Vice-presidente de patrimônio do clube, Alexandre Wrobel falou sobre esta congregação, mas não especificamente sobre quais esboços.

“Criamos um grupo de estudos para tratar de estádios, este grupo vem se reunindo periodicamente há pelo menos quatro meses. Estamos estudando todos os estádios que foram feitos para a Copa do Mundo. Quando chegarmos a uma conclusão, vamos levar o negócio adiante”, disse.

Conforme o LANCE! noticiou recentemente, o clube trata a Gávea com certo otimismo e acredita que a situação “está caminhando”. Contudo, o caso ainda está na fase de projetos e discussão de viabilidade. Afinal, há empecilhos para a construção de uma arena naquele local.

Atualmente, o Estádio da Gávea recebe partidas das categorias de base do Flamengo e tem capacidade para cerca de quatro mil pessoas.

flamengo estadio 2016 3

PROJETO VAI ALÉM DE ESTÁDIO

O projeto de construção do estádio próprio do Flamengo inclui também um amplo estacionamento, um shopping e ainda uma escola. A ideia, inclusive, já foi discutida junto à Prefeitura do Rio de Janeiro.

Pelo projeto, ficou estabelecido que o Flamengo teria 100% do estádio em 30 anos. Neste meio tempo, a estrutura seria, em partes, dos investidores. Eles receberiam participações pelo o que for gerado na arena, mas não com bilheteria, integral do Rubro-Negro. Os idealizadores projetam arrecadação anual de R$ 100 milhões.

Fonte: UOL