Flamengo sofre no final, mas vence Pinheiros e segue 100% no NBB

O Flamengo sofreu mais uma vez, mas conseguiu vencer o Pinheiros por 96 a 88 no Tijuca Tênis Clube. Após construir boa vantagem nos três primeiros quartos, o time da casa deixou os visitantes encostarem nos minutos finais, mas acabou levando a melhor.

O Fla dominou as ações da primeira metade do quarto inicial. No entanto, o time visitante voltou bem após o tempo pedido pelo técnico Cesar Guidetti e encostou no placar. Mesmo errando algumas cestas fáceis, a equipe da casa conseguiu se manter na frente. Além disso, o armador Ricardo Fischer, que se recuperava de lesão desde a semifinal do Carioca, conseguiu fazer seus primeiros minutos nesse NBB 9. Parcial: 28 a 24.

No segundo quarto, o Rubro-Negro abriu ainda mais a diferença e controlou bem a partida até o intervalo. O treinador José Neto aproveitou para utilizar os jovens do grupo, que vem cumprindo importante papel nesse início de temporada. Outro que também voltou às quadras foi Lelê, que estava machucado desde outubro. Parcial: 49 a 34.

O terceiro quarto foi mais equilibrado. Apesar do Fla segurar a diferença no placar, o Pinheiros não deixou os cariocas abrirem mais e dificultaram a partida. Com mais trabalho da defesa rubro-negra, Neto preferiu deixar apenas os atletas mais experientes em quadra durante todo período. Parcial: 65 a 58.

O último quarto seguiu no mesmo ritmo até a metade do período. o Flamengo começou a vacilar na defesa e perder muitas cestas, enquanto o Pinheiros aproveitou as oportunidades e acabou com a vantagem. No entanto, o Fla foi superior no final e levou a melhor. Parcial: 96 a 88.

Na próxima rodada, o Flamengo encara o Campo Mourão, dia 24, às 20h15 (de Brasília. Já o Pinheiros recebe o Bauru, dia 23, às 19h30 (de Brasília).