No Flamengo, Damião comanda ataque em meio a jejum de mais de um ano sem gol de bola rolando

O atacante Leandro Damião marcou dois gols pelo Flamengo, ambos de pênalti, e lembrou que para o time seguir sonhando com o título tem que fazer a matemática simples do futebol. O atacante não faz gol de bola rolando há mais de um ano. A última vez foi pelo Cruzeiro, contra o São Paulo, no Brasileiro do ano passado, dia 8 de novembro.

– Eu tenho que fazer o melhor possível, jogar para o grupo, pensar na vitória. Claro que quero fazer um gol também. Sempre foi assim por onde passei. Aqui não fiz ainda com bola rolando – lembrou, sabendo que está em dívida.

Não sofrer gols e continuar balançando as redes é a única receita para o Flamengo. Enquanto garantia o desejo de permanecer no clube por mais tempo – o empréstimo ao Santos vai até julho de 2017 – o centroavante comentou a chance que terá contra o América-MG, amanhã, quando o time tenta interromper a sequência de quatro jogos sem vitória.

– Desde o jogo do Grêmio a gente veio numa crescente, mas se complicou no meio do caminho. Não conseguimos fazer gol. Eu perdi gols. Tem que ficar ligado até o fim – alertou o camisa 18, completando: – O negócio é não tomar gol.

Após chegar e se destacar, Damião caiu de produção e viu Guerrero se reafirmar como titular incontestável. Mesmo com as convocações para defender o Peru, o camisa nove voltou e tomou conta da posição, com gols importantes. O que leva a crer que Damião não tem permanência garantida, sobretudo pela ascensão do jovem Felipe Vizeu.

– A gente não sabe quem vai ficar aqui. Tem que terminar bem o campeonato. O grupo é bom e vamos tentar continuar nesse ritmo pensando no ano que vem também – disse Damião, já projetando a temporada seguinte.

Fonte: Extra