Shakhtar pede retorno de Alan Patrick para avaliações em 2017

Alan Patrick muito dificilmente ficará no Flamengo em 2017. Após três empréstimos para clubes brasileiros (Internacional, Palmeiras e Fla), o Shakhtar Donetsk quer recuperar os 6 milhões de euros investidos (à época o equivalente a R$ 13,8 mi) em 2011, quando o tirou do Santos.

Segundo o agente de Alan, André Cury, os ucranianos o querem em Donetsk no mês de janeiro. Em maio, o clube trocou o técnico romeno Mircea Lucescu, que estava no comando há 12 anos, pelo português Paulo Fonseca. De acordo com Cury, Fonseca quer avaliar o meia.

– O Shakhtar pediu o jogador de volta. Quer que ele se reapresente entre 10 e 15 de janeiro. O treinador novo, que é português, quer conhecê-lo. Assim, ou eles buscam a renovação do contrato dele, que é válido até dezembro de 2018, ou partem para uma venda definitiva – afirmou André Cury.

Cury deixa claro assim que o Shakhtar não trabalha com um novo empréstimo. E, segundo, o vice de futebol do Flamengo, Flávio Godinho, essa é a estratégia para mantê-lo na Gávea.

– Se for inviável financeiramente, dificilmente ficará. Achamos uma solução no final do ano passado e tentaremos repetir a dose neste ano. Só que o nosso foco, no momento, é o jogo da próxima quarta-feira (contra o América-MG, no Mineirão) – disse Godinho.

Fonte: Globo Esporte