Após deixar o Flamengo, Sheik detona Zé Ricardo

Campeão brasileiro pelo Flamengo em 2009, Sheik voltou ao clube em 2015 para lutar por títulos — que não vieram. Barrado e há seis meses sem jogar, ele deixa a Gávea chateado com o técnico Zé Ricardo. Ontem, em entrevista ao programa FM O Dia de Cara, o atacante criticou o trabalho do treinador, que considera inexperiente.

“Zé Ricardo é bom treinador, mas está há seis meses no profissional, é natural que demore a engrenar. Além disso, tem o lance de tratar as pessoas com igualdade. O Zé Ricardo se perdeu um pouco em relação a isso”, afirmou.

Sem falar sobre perseguição, Sheik garantiu não saber o motivo — ou quem o teria fritado no clube. “Fiquei seis meses só treinando e fiz de tudo para jogar, mas não joguei. Mas eu e muita gente sabia que podia jogar. Só não sei o motivo porque não joguei”, revelou.

Sheik não se arrepende desta passagem pelo clube e desejou sorte ao Flamengo. “Não me arrependo por causa da historia do clube e da torcida. É um privilégio jogar no Flamengo. Vou torcer para o Fla fazer um ano diferente de 2016. Espero que a cabeça dos profissionais que comandam o clube mude. Senão, dificilmente vai conquistar algo”, disse Sheik, que fez mistério sobre o futuro (Atlético-PR, Santos e Atlético-MG estão no páreo): “Não preciso mais de dinheiro. Quero um clube no qual eu esteja feliz.”

Fonte: O Dia