Flamengo pensa em reforços pontuais e mais espaço para garotada em 2017

O planejamento do Flamengo para 2017 ficou suspenso durante a semana por conta da tragédia com o avião da Chapecoense. No entanto, a estratégia do Rubro-Negro em relação ao elenco para a próxima temporada já está bem definida. O diretor executivo de futebol, Rodrigo Caetano, avalia que o time já tem uma boa base, conta que fará contratações pontuais e o clube vai aproveitar para dar mais espaço para a garotada.

– Nós já temos uma boa base montada, poucos atletas encerram seus contratos. Muito poucos dos que mais jogaram. Nossa intenção é a de contratar poucas peças e valorizar muito aqueles meninos formados na base, que têm grande talento, potencial, e que ficaram conosco praticamente um ano nessa ‘estufa’. Chegou a hora deles ocuparem um espaço de maior responsabilidade no próximo ano – disse o diretor.

Em 2016, alguns jovens subiram para o elenco profissional e alguns tiveram até oportunidades no time: o goleiro Thiago, o zagueiro Leo Duarte, o volante Ronaldo, o meia Lucas Paquetá e o atacante Felipe Vizeu. Todos eles campeões da Copa São Paulo no início do ano. Destes, Vizeu foi o que mais teve chances na equipe e correspondeu bem. Ele atuou em 25 jogos e fez oito gols.

Por conta de problemas na zaga no início do Brasileirão, Léo Duarte fez sete partidas. Jovem, bobeou em alguns lances, mas mostrou grande potencial na maioria das vezes. Ronaldo jogou pouco, entrou muito bem no jogo de ida contra o Figueirense, pela Sul-Americana. Já Paquetá e Thiago não tiveram chances. Porém, o meia vai muito bem nos treinos e já foi elogiado por Diego.

De uma geração anterior a essa, aparece Thiago Santos. O atacante é muito elogiado pelo técnico Zé Ricardo, que em diversos momentos falou que precisa dar mais espaço para o jogador. Este ano, ele atuou seis vezes e marcou um gol. Aos 22 anos, Adryan voltou de empréstimo este ano, mas não teve muito espaço na equipe, jogou pouco.

Fonte: Lance