Orçamento aumenta pouco, mas Flamengo busca reforço de peso

O Flamengo vota nesta quinta-feira no Conselho de Administração a proposta de orçamento que não dará ao departamento de futebol muito fôlego para contratar em 2017.

Na proposta enviada, estão recursos destinados para a base e para a manutenção do Centro de Treinamento profissional e conclusão do módulo para a base. O valor destinado a investimentos em reforços e aumento na folha de pagamento é parecido com o que o clube teve em 2016.

— Orçamento aumenta pouca coisa para o futebol, devido a situações comprometidas em 2016 (chegada de atletas) — disse o diretor Rodrigo Caetano, em referência às chegadas de Mancuello, Cuéllar, Donatti, Muralha, Rodinei, entre outros.

O clube confirmou apenas a contratação do lateral peruano Miguel Trauco por três anos. Os alvos mais caros são Vitinho e Rômulo, além de Marinho.

– Eu acho que podemos trazer reforços de peso sim. Poucos mas representativos – disse o vice de finanças Claudio Pracownick, que não quis falar do orçamento até a sua aprovação.

Fonte: EXTRA