Otimista, empresário de Cirino vê Inter como “opção número 1” para o jogador

A negociação até é complicada, mas o Inter conta com um trunfo para contar com Marcelo Cirino: o desejo do atleta. O jogador prevê chances mais raras no Flamengo em 2017 e tem no Colorado a “opção número 1” para 2017. De acordo com o empresário do jogador, Pablo Miranda, o cenário “conspira” para que se encaminhe com um desfecho positivo para a transferência a Porto Alegre.

O agente, inclusive, torce para que Cirino chegue ao Inter o mais breve possível. Uma reunião deve ocorrer para que o negócio avance.

– O Inter é a opção número 1 do Marcelo. Ele foi sondado no ano passado e sempre gostou disso, se sentiu privilegiado. Tudo conspira para que as coisas se encaminhem bem. Não sei quando as partes vão se reunir. A gente espera que tenha alguma evolução. Estamos torcendo para que ele logo chegue a Porto Alegre. No Flamengo, ele já teve dois anos de experiência. Sabe da situação interna. Hoje, não é um jogador que deve jogar. Vai ter que brigar por posição. No Inter, a motivação é ainda maior – afirma Miranda, em entrevista à Rádio Gaúcha.

Apesar do otimismo do empresário, a chegada de Cirino é encarada como uma situação “complexa” pelo Inter. Além do próprio atacante, o Colorado tem de atar outras três pontas na negociação: o Atlético-PR, detentor dos direitos do atleta, o Flamengo, clube em que está emprestado, além de um grupo de investidores.

Cirino já deixou clara a satisfação em poder atuar no Beira-Rio. Mesmo que seja para disputar a Série B do Brasileirão. A intenção é atuar, algo que pouco conseguiu na Gávea. No Brasileirão, disputou 24 partidas pelo Brasileirão, tendo balançado as redes em duas oportunidades (soma 50 jogos e 12 gols no total pelo Rubro-Negro).

O estilo do jogador de 24 anos agrada ao perfil do departamento de futebol. Cirino tem a força e a velocidade como principal atributos. Aliás, o interesse colorado não chega a ser inédito. No ano passado, o clube tentou, mas a Doyyen preferia o mercado internacional. Acabou mantendo-o no Flamengo.

Fonte: Globo Esporte